Gedison Alves pré- candidato a prefeito em Marcos Parente do Piauí emite nota de Esclarecimento




O pré-candidato a prefeito da cidade de Marcos Parente do Piauí Gedison Alves (MDB), emite nota de esclarecimento sobre a acusação de superfaturamento em contratos com empresas.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Não existe superfaturamento, cada processo de contratação de escritório leva em consideração a especialidade da Banca. O valor cobrado estava dentro do mercado.
Em vista do curto espaço de tempo a consultoria jurídica foi contratada para todas as demandas e esferas judiciais, incluindo todos os atos administrativos auxiliando os procedimentos do gabinete e de todas as Secretarias do município, diferente do contrato que existia no município que era fracionado. Eu fiz uma única contratação para todas as necessidades da gestão.
Concluindo: Quando assumi a prefeitura em novembro de 2016 solicitei ao Prefeito cassado, Manoel Emídio De Oliveira, que montasse uma equipe de transição através da qual seriam repassados documentos e informações que seriam necessárias ao bom andamento da gestão. Porém o ex - prefeito Manoel Emídio não o fez, não respondeu os ofícios e nem sequer entregou as chaves da Prefeitura, para adentrar no prédio e tomar posse tive que literalmente arrombar as portas do prédio.

“Sou pré-candidato, trata-se de perseguição, tentativa de me desestabilizar politicamente, más continuarei lutando para servir o nosso povo a nossa gente”. Afirmou Gedison Alves



Sobre o Redação

0 Comments:

Postar um comentário