Polícia Militar de Guadalupe no Piauí evita furto de animais


A VTR da Polícia Militar de Guadalupe-PI, nesta quinta-feira, por volta das 20h40min, quando fazia rondas ostensivas, no bairro Cruzeta, ao passar pelas imediações da Fazenda de propriedade do médico Dr. João Luiz da Rocha, observou dois nacionais numa motocicleta POP 100, Placa de Arraial do Piauí, NHU 5833, em atitude suspeita, sendo que o garupeiro estava de posse de um receptáculo de fibra e bastante volumoso.

O condutor da motocicleta ao perceber da aproximação da viatura policial, abandonou a moto, juntamente com o comparsa que deixou o receptáculo de fibra no chão e empreenderam fuga em um matagal.

A polícia ao verificar o conteúdo do grande saco, observou que se tratava de dois suínos abatidos.
Foi feita varredura no local pela equipe Policial, com a finalidade de capturar os elementos, porém não foi obtido êxito, haja vista a imensa escuridão no matagal.

O material abandonado foi entregue a Polícia Judiciária para a realização dos procedimentos legais com intuito de investigar a procedência dos suínos e o real proprietário da motocicleta.

ENTENDA A LEI DO FURTO DE SEMOVENTE DOMESTICÁVEL.

De acordo com a Lei 13.330/2016, quem cometer o furto de animais criados para consumo, como gado, porco ou galinha, pode ser condenado à pena de 2 a 5 anos de prisão. Quem receptar os animais furtados está sujeito à mesma pena.

Antes da lei, o Código Penal não especificava o crime de furto de animais. Quem furtasse animais, ainda que destinados a consumo e produção, incorria apenas no crime de furto. Esse ainda é o tratamento dado a animais domésticos.

Postar um comentário

0 Comentários