Prefeitura de Floriano reabre comércio na terça-feira com novas medidas

O prefeito de Floriano Joel Rodrigues confirmou a reabertura gradual do comércio na cidade a partir de terça-feira (05). Em vídeo, Joel Rodrigues destaca que o comitê gestor sinalizou para a flexibilização e, o momento agora, é de construir um protocolo para saber quais setores poderão ser flexibilizado. Um novo decreto deverá ser apresentado até a data prevista. A Secretaria Estadual de Saúde (SESAPI) confirma sete casos da Covid-19 no município. Às 10h, o prefeito fez pronuncimaneto em live para explicar as novas medidas.

Joel Rodrigues esteve com representantes do setor comercial e logístico da cidade com o “objetivo de avaliar as novas recomendações da gestão no enfrentamento da Covid-19”. Os estabelecimentos deverão reforçar as medidas de higienização dos funcionários e clientes. A recomendação é de que somente pessoas com máscaras entrem nos locais.

“Assim que estiver tudo organizado nós vamos publicar o nosso decreto”, disse o prefeito, destacando que "a medida mais correta é o isolamento social, ficar em casa, e, se tiver que sair, é usar a máscara”. Joel Rodrigues reforçou que a população adotou a obrigatoriedade do uso das máscaras.

Em Floriano, o decreto Nº 038, publicado em 21 de março de 2020, adotou medidas urgentes para reduzir a transmissão do novo coronavírus. Dentre elas: a suspensão de todos os estabelecimentos comerciais e de serviços não essenciais no município. As medidas foram adotadas a partir do dia 23 de março.

Em nota, a Prefeitura de Floriano esclarece que “o município tem tomado várias medidas de combate ao coronavírus e construiu as condições básicas para atender aos critérios do Ministério da Saúde, para a flexibilização, além dos avanços na organização hospitalar. Mais de um milhão de reais recebidos pelo Município estão sendo destinados para a ampliação de leitos de atendimento a pacientes com Covid-19”.

A prefeitura acrescenta que “parte dos recursos já garantiu uma das parcerias, com a Clinicor, que irá receber 25 leitos clínicos do HTN (Hospital Regional Tiberio Nunes), para que o hospital público amplie de 15 para 50 o número de leitos covid-19. Joel (Rodrigues) também disse que está confiante porque percebe que 80% a 90% da população já usa as máscaras nas ruas e nas lojas, e que a maioria das empresas está atendendo aos critérios de higienização, sanitização e cuidados com clientes e funcionários”.

Distanciamento seletivo

O secretário de saúde de Floriano, James Rodrigues, comentou durante a live que as novas medidas propõem “sair do distanciamento social coletivo para o distanciamento social seletivo. Com isso, algumas atividades consideradas não essenciais poderão voltar a atuar de maneira gradativa. É uma decisão difícil, mas tomada com base nos dados de hoje, na capacidade hospitalar, capacidade de atendimento ambulatorial. Essa decisão pode ser melhorada a qualquer instante”.

“Trago a convicção que retornaremos as atividades buscando estabelecer uma nova rotina sanitária. As unidades de saúde vão continuar abertas porque continuam as necessidades de outros pacientes, que apresentam outras comorbidades”, disse James Rodrigues.

Reabertura

O novo decreto de transição determinou que os serviços essenciais continuam abertos. Já os serviços não essenciais serão reabertos a partir deste sábado, com exceção das academias de ginástica e do cinema. Os bares e os restaurantes podem continuar atuando com entrega delivery, não sendo permitido consumo no local. As lanchonetes também funcionam apenas com entrega de pedidos.

As lojas de departamento poderão reabrir respeitando o uso da máscara. Ainda não há previsão do retorno das aulas no sistema de ensino. O shopping ficará aberto apenas com as lojas permitidas; a praça de alimentação aberta para delivery sem consumo no local.

Os salões de beleza poderão funcionar por agendamento.

O novo decreto será divulgado ainda hoje com todos os detalhes do horário de funcionamento. 

Postar um comentário

0 Comentários