Flávio Migliaccio, da Globo, se suicida aos 85 e deixa carta destruidora: “Não deu mais”


Após a informação de que Flávio Migliaccio cometeu suicídio, novos detalhes dessa tragédia sem precedentes continuam sendo divulgados, nesta segunda-feira (4). O programa de Sonia Abrão, o A Tarde é Sua, foi além e mostrou a carta de despedida do veterano da Globo, que tirou a própria vida aos 85 anos de idade, em seu sítio na cidade de Rio Bonito, no Rio de Janeiro.

No registro, escrito em um papel branco com caneta vermelha, o ator lamenta a falta de forças para continuar no mundo. “Me desculpem, mas não deu mais. A velhice neste país é o caos como tudo aqui. A humanidade não deu certo. Eu tive a impressão que foram 85 anos jogados fora num país como este. E com esse tipo de gente que acabei encontrando. Cuidem das crianças de hoje”, escreveu.
Informações iniciais da polícia dão conta de que Flávio Migliaccio se enforcou em seu quarto, com a corda amarrada no telhado. Nelson Soares da Silva, caseiro que cuidava da propriedade, foi quem encontrou o corpo do veterano. A carta de despedida estava posicionada sobre a bancada do cômodo.

DEPRESSÃO: Alessandro Lo-Bianco, repórter de Sonia Abrão, revelou que a família percebeu a depressão do ator há um tempo. A chegada da pandemia do coronavírus, portanto, piorou o quadro, até que chegasse ao ponto em que o veterano não suportou mais.
ATOR FEZ HISTÓRIA NA TELEVISÃO: Flávio Migliaccio ficou muito famoso pelo papel de Seu Chalita, da série Tapas & Beijos, da Globo. Seu último trabalho na televisão foi como Mamede Aud, na premiada novela Órfãos da Terra, exibida no ano passado.


Com informações do Fala Piauí

Postar um comentário

0 Comentários