Paulo Guedes fala de recuo do PIB se quarentena se estender


O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou em videoconferência com senadores da bancada do Podemos na noite desta quinta-feira (9) que o PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil poderá recuar em até 4%, caso passe de julho o isolamento social proposto como forma de reduzir o contágio pelo coronavírus.

A reunião virtual foi a quarta da semana entre o ministro e senadores. Guedes analisa os impactos negativos da quarentena sobre a economia.

Segundo a assessoria do ministro, a reunião desta quinta foi proposta pelo ministro para que pudesse ser explicado aos senadores a necessidade de apreciação da PEC do Orçamento de Guerra, que tem sua votação prevista para segunda-feira (13).

– Guedes fez um cenário otimista, onde admite que o Brasil pode chegar até o final do ano com PIB de queda de até 1%. No cenário negativo, acha que tudo depende da curva do coronavírus. As previsões são que até maio e junho vamos estar no pico da curva, mas que em julho ela deva cair. Agora, se ela não cair, o cenário mais pessimista é, se passar de julho, até poderia chegar a 4% de queda – afirmou o senador Oriovisto Guimarães, (Podemos-PR).

*Folhapress

Postar um comentário

0 Comentários