Pastores e cantores atendem convocação de Jejum Nacional

Diante da convocação do presidente Jair Bolsonaro para que os brasileiros se unam em um jejum no próximo domingo (5), vários líderes cristãos e cantores gospel demonstraram seu apoio à causa. A intenção é que o Brasil “fique livre do coronavírus o mais rápido possível”.

O pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, sugeriu que as pessoas façam o jejum de meia-noite ao meio-dia para que seja “uma coisa unificada”. De igual forma, o pastor e deputado federal Marco Feliciano pediu que todas as igrejas se unam no que ele chamou de “um grande movimento de fé”.

À frente da Igreja Batista Atitude, o pastor Josué Valandro Jr. disse que esse é o tempo de todas as pessoas, independente de religião, se unirem em oração e jejum para que Deus mande um milagre sobre o Brasil.

– Nossa oração, de cada brasileiro que ama este país, chegará ao trono de Deus! Ele nos ouvirá e há de curar nossa terra de todo mal que esta pandemia trouxe!

O apóstolo Estevam Hernandes, da igreja Renascer em Cristo, também declarou seu apoio ao jejum. Ele falou que é “a convocação de fé que vence o mal” e acredita que “veremos o Brasil aos pés de Jesus”. Já o apóstolo César Augusto, da igreja Fonte da Vida, testemunhou que Bolsonaro é o primeiro presidente do país a fazer tal convocação “para que Deus venha nos proteger e cessar essa praga em nosso meio”.

Postar um comentário

0 Comentários