Padre é preso após estuprar menino de 14 anos em banheiro de shopping em SP

O padre Anderson Moraes Domingues, de 43 anos, foi preso em flagrante suspeito de estuprar um menino de 14 anos e, ainda, tentar abusar de outra criança, de 13. dentro banheiro. O caso teria acontecido em um shopping em Guarujá (SP). As informações são do G1.

Seguranças do estabelecimento presenciaram o abuso dentro de banheiro em shopping e acionaram a polícia.

Os meninos disseram à polícia que estavam vendendo balas no semáforo quando o religioso ofereceu um lanche para eles. Os garotos aceitaram e o padre os levou até o Shopping La Plage, localizado na Praia das Pitangueiras.

Já desconfiado, um dos meninos teria avisado a um segurança do centro comercial de que o suspeito havia prometido pagar um lanche em troca de favores sexuais. Com isso, a equipe de segurança passou a observar Anderson e os meninos.

De acordo coma polícia, um dos seguranças que acompanhava o caso afirmou que conseguiu ver o padre com a calça abaixada enquanto encostava o órgão genital nas nádegas do garoto de 14 anos, que também estava nu.

A polícia foi acionada e todos foram conduzidos à Delegacia Sede de Guarujá. As vítimas confirmaram a versão dos seguranças para a polícia e, ainda, disseram que o padre fez sexo oral no garoto de 14 anos. Já o menor disse que o padre tocou no pênis do amigo.

Anderson foi preso em flagrante por estupro e favorecimento da prostituição ou outra forma de exploração sexual de vulnerável e encaminhado à cadeia anexa ao 1º DP da cidade.

Segundo a Diocese de Campo Limpo em São Paulo (SP), responsável pela área onde o padre atua, os fatos relacionados ao Pe. Anderson Moraes Domingues serão investigados pelas autoridades competentes, devendo ser apurado e punido qualquer que seja o delito cometido.

Sobre o Redação

0 Comments:

Postar um comentário