Polícia Civil deflagra a operação "LIXO DE OURO" na cidade de Guadalupe no Piauí


Segundo informações repassadas ao Portal Velho Monge a cidade de Guadalupe foi acordada nesta manhã de quinta feira dia 25/07, com a visita inesperada da Polícia Civil do estado do Piaui.

Três pessoas foram presas nesta quinta-feira (25) na cidade de Guadalupe, Sul do Piauí, na operação Lixo de Ouro, deflagrada pela Polícia Civil do Piauí. Os três, segundo o delegado Thiago Silva, titular da cidade de Guadalupe, são suspeitos de fraude em licitação, corrupção passiva e ativa, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Um secretário municipal, sua esposa e um empresário do ramo da construção civil foram presos. Os três, de acordo com o delegado, formaram um esquema para desviar dinheiro público por meio de fraude na prestação de serviço de coleta de lixo da cidade.

“A suspeita veio quando foi firmado um contrato de cerca de R$ 1 milhão para apenas sete meses de serviço, em uma cidade com mais ou menos 10 mil habitantes. São mais de R$ 100 mil por mês apenas com coleta de lixo. Além disso, na investigação constatamos que o serviço era prestado pela própria prefeitura e não pela empresa contratada”, informou o delegado.


Arma foi apreendida na casa do secretário. — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Segundo Thiago Silva, o veículo de coleta – um caminhão -, era da própria prefeitura, e não da empresa, que deveria fornecer o veículo. Para conseguir estabelecer a fraude, um secretário é suspeito de participar diretamente do esquema, garantindo que a empresa envolvida ganhasse a licitação, mediante pagamento de propina a ele.

“Em contrapartida, ele recebeu diversos pagamentos em sua própria conta bancária. Foram vários depósitos, mais de um por mês, com valores entre R$ 5 mil e R$ 30 mil”, explicou.

Os três estão presos preventivamente na delegacia de Guadalupe, que teve apoio da Polícia Civil de Uruçuí no cumprimento dos mandados. Além das prisões, os policiais fizeram buscas em endereços ligados aos suspeitos e apreenderam documentos, extratos bancários, agendas e localizaram um revólver calibre 38 na casa do secretário.

Postar um comentário

1 Comentários